Como sabemos, a etapa seguinte ao secundário é a universidade. Na universidade tudo muda: os métodos, a exigência e principalmente a forma de ser avaliado. Mas, como muitos dizem, são os melhores anos da vida. Da faculdade fazem parte muitas fases tais como as praxes, a adaptação às frequências e exames e a finalização do curso, cada uma mais desafiante que a anterior.
Este artigo tem como finalidade dar a conhecer os cursos frequentados por duas alunas da escola que finalizaram o 12º ano no ano letivo passado.

Dara Freitas Línguas e Humanidades (2014-2015)

Dara Freitas
Línguas e Humanidades (2014-2015)

“Entrei em Educação Social, em Faro na UALG (ESEC). É importante entrarmos num curso, que gostemos e com o qual nos identifiquemos. Hoje em dia o facto de o curso ter/não ter saída profissional; claro que é importante, mas não é tudo e se não gostas daquilo que fazes e não tens paixão por isso nem vale a pena, não vais ser feliz nem vais dar o teu melhor. Gosto muito de fazer o bem e ajudar os outros, logo este curso é o que mais combina comigo! É interessante e tem muita prática, trabalho de ‘campo’. As minhas cadeiras preferidas são Metodologia de Investigação e Educação Social. O secundário nem é muito difícil, temos que estudar um bocadinho. O pior vem mesmo na universidade, exige imenso de ti. Aconselho a que aproveitem o secundário e os professores. A ESMTG tem excelentes professores, muito preocupados com os alunos, muito acessíveis e da escola em si não tenho nada a apontar, a integração é excelente.”

 

 

Filipa Silva Ciências e Tecnologias (2014-2015)

Filipa Silva
Ciências e Tecnologias (2014-2015)

“Olá! Estou em Direito, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. As minhas expetativas são elevadas,

porque sei que é um curso com muitas saídas profissionais. Por agora, as cadeiras de que mais gosto são Economia e Direito Romano. O conselho que dou a todos os alunos do secundário, especialmente aos da ESMTG, é que estudem e tenham as melhores notas possíveis para poderem entrar naquilo que querem.”

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Margarida Ferro Ciências e Tecnologias (2014-2015)

Margarida Ferro
Ciências e Tecnologias (2014-2015)

“Estou em Dietética e Nutrição, no Instituto Politécnico de Lisboa (Escola Superior da Tecnologia da Saúde de Lisboa). Estou certa de que fiz a melhor escolha e sem dúvida que guardo as expectativas mais elevadas para os próximos 4 anos. Sim, é verdade que ainda estou mesmo no início e que apesar de se perceber o grande gosto que tenho por esta área, as cadeiras ainda são abordadas de uma maneira muito geral. Vão sempre existir cadeiras que, mais do que outras, despertam logo a nossa atenção mas na verdade tens de te aplicar de igual modo em todas, independentemente das preferências. Na minha opinião, um dos aspetos importantes quando ingressamos no ensino superior é escolhermos um curso ao nosso gosto e não ao gosto dos outros. É demasiado importante estudarmos o que gostamos e o que nos dá prazer. Não posso mentir e dizer que não tive alturas de desleixo ao longo do secundário, mas o fundamental é não perder o seguimento das disciplinas e não esquecer os nossos verdadeiros objetivos. O esforço e a dedicação de agora irão ser recompensados no futuro, quando entrarmos na universidade e pudermos escolher o que realmente gostamos!”

 
 
 
 

Fazendo um balanço, podemos concluir que enquanto alunos do secundário temos de dar o nosso melhor e ter mesmo as melhores notas possíveis, logo, a melhor média possível. Só assim podemos estar “à vontade” para entrarmos no que queremos e onde que queremos!
Um bom ano letivo para todos!

Post anterior

Fotogaleria: Dia da Música

Próximo post

A Portuguesa

Madalena Tavares

Madalena Tavares

Editora-chefe da secção Escola

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *