No  mês de Novembro, demos as boas vindas à  353ª edição da Feira de São Martinho que se  iniciou no dia 6 de Novembro e encerrou a 15. Todos os anos, desde 1662, esta feira ocorre na bela cidade de Portimão, e colocou-se então a pergunta, porquê ir este ano? Independentemente dos teus interesses e gostos, há sempre algo que te desperte a atenção. Começando pelos mais novos (de idade e espírito), que são sempre o grande público-alvo desta feira, tiveram as grandes, barulhentas, e sem dúvida, entusiasmantes diversões que levam centenas de pessoas a voltar todos os anos (eu próprio sou vítima desse “problema”) e que não desiludem no que toca a provocar gritos de diversão. Para quem gosta de ter os pés assentes no chão, pôde visitar os habituais expositores com vários tipos de produtos, desde bijuteria a brinquedos, e uma exposição que piscou o olho aos entusiastas de automóveis, com a presença de várias marcas, desde Skoda, à Toyota e muitas mais outras. Por fim, para todas as faixas etárias, (porque a gulodice não tem idade) tivemos as tradicionais farturas, castanhas assadas, churros e todos os outros alimentos que comuns numa feira que despertam sempre o nosso apetite. Acho que não tiveste desculpa para não ir, neste ano nem terás no próximo, ou até daqui a vinte, pois a Feira de São Martinho merece uma visita, acredita, não te irás arrepender.

Post anterior

GANHOU A LISTA S!

Próximo post

Ma petit Paris

José Horta

José Horta

Editor-chefe da secção "Bora Sair?"

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *