O mito que muitos usam como desculpa para comerem a comida caída no chão, tem sido uma valente curiosidade para os atuais cientistas, que usam as suas experiências para descobrirem se realmente a regra dos cinco segundos tem algum fundamento em si.

Os britânicos da Universidade de Aston realizaram múltiplos testes com diferentes tipos de alimentos e solos, analisaram a contaminação das insalubres bactérias mais conhecidas, como a  Escherichia coli e a Staphylococcus aureus, em curtos espaços de tempo entre 3 a 10 segundos.

A verdade é que é difícil ou até mesmo impossível encontrar estudos que apoiem este mito e que digam que este é seguro, por outro lado é muito fácil de encontrar pesquisas que comprovam que a diferença entre uma batata que esteve 5 segundos na chão a outra que esteve 10 segundos, é nula pois ambas estão contaminadas.

As bactérias patogénicas são de fácil contaminação, por isso não existe nenhuma magia nesta regra dos cinco segundos, pode-se afirmar que esta talvez não passe de uma desculpa para os mais gulosos.

Contudo, os chãos das nossas casas não são fortemente contaminados por este tipo de bactérias, se forem alvos de limpeza regular, ainda assim existe a Salmolle (outro tipo de bactéria patogénica) que pode viver até um mês em solos de madeira, azulejos e até em carpetes. Desta forma, é possível reconhecer que os pavimentos com menos regularidades são facilmente mais contagiosos, sem esquecendo que as comidas mais gelatinosas atraem muito melhor as bactérias.

Post anterior

Tive um sonho... mas esqueci-me dele...

Próximo post

Teatro escolar em Portimão

Luísa Fidalgo

Luísa Fidalgo

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *