Crónica

Shine on you crazy diamond

É extremamente difícil arranjar a fluidez imaginativa exigida para uma obra de qualidade.
Que deixe o espetador no mínimo estado de euforia.
Espetador que não é espetador; antes me corrija, porque ele mesmo é o produtor do que cria e aprecia.
O crítico da sua arte.
Perdoai-me se estiver errado.
Perdoai-me se o que digo não é do seu agrado, mas o mecenas deste retrato não permite que de outro modo seja. Recusa a cedência de um tempo maior necessário à excelência.
Retiro-me delicadamente, pausadamente, prometendo maior beleza, carisma e paixão no futuro quadro.

Um até já

Post anterior

Feliz Saturnália

Próximo post

Feira de Natal

Francisca Marques

Francisca Marques

Diretora & Editora-chefe da secção Crónica

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *