Apanhados Na Rede

Estudantes inventam palhinha que deteta drogas na bebida

Victoria Roca, Susana Cappello e Carolina Baigorri são estudantes da Escola Gulliver, em Miami, na Flórida e num projecto de empreendedorismo que realizaram na escola, criaram uma palhinha que, quando colocada numa bebida, vai revelar se o conteúdo tem drogas ou é seguro para consumo.

Este projeto foi criado na sequência das violações que acontecem provocadas por drogas no conteúdo das bebidas, alcoólicas ou não, e assim, evitar estes acontecimentos num futuro próximo com esta simples solução.

As três estudantes, Victoria Roca, Susana Cappello e Carolina Baigorri | Foto: Divulgação

“Sendo mulheres jovens, sinto que este é um problema que ouvimos falar muito, especialmente quando chegamos ao ensino secundário”, referiu Baigorri, em entrevista ao programa televisivo Inside Edition.

De acordo com o “Bureau of Justice Statistics”, este tipo de violações estão entre o maior número de casos de violações, e geralmente ocorrem entre os estudantes universitários, sob os sintomas de consumo de álcool, ou drogas, que torna o abuso mais fácil.

A palhinha, inovadora, é capaz de detetar vestígios das formas mais populares de drogas. Uma patente para a palhinha, permitindo que esta possa ser comercializada, está atualmente em curso, e para financiar o projeto, as estudantes fizeram uma campanha de crowdfunding.

“Sabemos que não é uma solução, porque não pode acabar com o problema das violações, mas esperamos poder reduzir estas situações.” disse Baigorri, no Inside Edition.

Post anterior

NAS - Network Attached Storage

Próximo post

Extinção

Miguel Santana

Miguel Santana

Diretor & Programação Visual e Diagramação

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *