Histórico-Social

O primeiro beijo Gay da Disney

Pela primeira vez, foi exibido numa animação da Disney, uma produtora dedicada aos mais novos, uma demonstração de afeto entre um casal homossexual. Um beijo que não só representa uma aceitação social, mas também uma tentativa de incutir uma nova mentalidade aos mais novos.

Esta cena ocorre no episódio 22 da série animada “Star VS Forces of Evil” que foi exibido nos Estados Unidos da América. A cena do beijo acontece, quando o protagonista Star se encontra com o seu melhor amigo Marco num concerto, e quando a banda começa a tocar a música “Just Friends” , todos os casais no concerto beijam-se, e assim discretamente repara-se num casal de dois homens a  beijarem-se.

Este momento, devido ao público alvo da Disney, foi bastante censurado por várias pessoas que não concordaram com cenas homossexuais estarem presentes em canais destinados aos mais novos. Contrariamente foram também comentados positivamente por vários apoiantes dos direitos LGBT, que demonstraram alegria, por esta cena e que esperam que seja o início de mais cenas LGBT em animações da Disney.

A estreia de um beijo gay na Disney acontece na mesma altura que a Disney anunciou que o filme “Beauty and the Best” protagonizado pela Emma Watson, terá uma cena gay protagonizada por Bill Condon, que interpreta LeFou que desenvolverá sentimentos pela  personagem Gaston.

Esta demonstração foi uma maneira de retribuir todo o trabalho que a comunidade LGBT tem investido ao longo de tantos anos , para conseguir acabar com o preconceito contra a homossexualidade para que possuam os meus direitos  como o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo que já é legalizado em 22 países como os Estados Unidos da América e Portugal , e demonstrando que amar uma pessoa do mesmo sexo não é nada “fora do normal” .

Post anterior

Dias de campanhas eleitorais 2017/2018

Próximo post

Sam Smith regressa a Portugal em 2018

Matilde Canhão

Matilde Canhão

Editora da secção Curiosidades

3 Comentários

  1. Pedro
    26 Novembro, 2017 em 14:39 — Responder

    Olá Matilde, gostei muito do artigo que escreveste. Sobretudo acho temos todos q ultrapassar estes e outros preconceitos que já nem deviam ter lugar na nossa sociedade. Continua assim! Beijinho

  2. 30 Novembro, 2017 em 22:08 — Responder

    Este é um artigo bem escrito! Também foi muito informativo. Não fazia ideia de que a Disney estava a aceitar a aceitação da homossexualidade nas suas formas de arte. Obrigado, Mathilde, por este excelente artigo (Escrito com a ajuda do Google Translate)!

    Maryanne Sea

  3. Carla
    5 Janeiro, 2018 em 9:58 — Responder

    Amor é amor seja de que maneira for!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *