Tecnologia

Pagamento com dinheiro? Não, com Reciclagem!

Na capital da China, Pequim, foram instaladas várias máquinas nas estações de metro que aceitam como pagamento garrafas de plástico, em vez de dinheiro.

O governo chinês criou esta iniciativa para promover e incentivar a reciclagem entre a população chinesa. As pessoas que optam por reciclar ganham um bilhete de metro ou crédito para o telemóvel, em minutos.

A China é conhecida pelos seus problemas ambientais, chegando também a ser considerada um dos países mais poluídos do mundo e para inverter a poluição, adotou este método.

A empresa Incom Recycle, fundada em 2008 e responsável pela instalação das máquinas, é a maior operadora e fornecedora em Municipality Smart Recycling Solutions na China. Tem vasta experiência no planeamento, construção e gerenciamento de sistemas de reciclagem. Em 2012, instalou 10 máquinas na estação de metro de Zhuxinzhuang, em Pequim. Com o sucesso do projeto e resposta positiva dos cidadãos a esta iniciativa, o número de máquinas têm vindo a aumentar e a ajudar a alterar a mentalidade da população em relação à prevenção da poluição. As máquinas estão espalhadas em Pequim, nas várias estações de metro.

Ao colocar uma garrafa de plástico, a máquina através de um sensor que permite determinar o “valor” da reciclagem, (depende do peso e da dimensão da garrafa) dá ao cidadão um bilhete de metro ou crédito para o telemóvel.

O processo é muito simples:

  1. Inserir uma garrafa de plástico .
  2. Aguardar 20 segundos, enquanto a garrafa é reduzida a 1/3 do tamanho original.
  3. E o valor correspondente é creditado no passe do metro do utilizador em questão.

São recolhidas 15 mil toneladas por ano.

Todo o material recolhido nas estações de metro é enviado para uma central de processamento, de modo a que o plástico seja utilizado para outros fins.

 

Post anterior

Inspiring Future na ESMTG

Próximo post

A Rapariga dos Olhos Negros

Catarina Lopes

Catarina Lopes

Editora da secção Curiosidades

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *