Curiosidades

É possível Morrer de Felicidade?

Episódios de tristeza, a ansiedade ou o stress podem causar problemas no nosso coração, como sabemos, o chamado “Coração Destroçado ou Partido”,a doença é caraterizada por uma fraqueza temporária dos músculos do coração que leva a uma deformação do ventrículo esquerdo, que foi descrita pela primeira vez, em 1990 evidenciando este tipo de episódios.

Momentos de extrema alegria e felicidade, tais como, casamento, nascimentos ou festas surpresa  também podem mesmo vir a revelar-se fatal para a nossa saúde, um problema cardíaco que provoca dores no peito, perda de fôlego e, nos casos mais extremos, morte, síndrome do coração feliz.

Mas agora, segundo um estudo publicado pelo European Heart Journal, realizado por pesquisadores e médicos da Universidade de Zurique, na Suíça, analisou uma base de dados de 1750 pacientes falecidos diagnosticados com ataque cardíaco, em 25 centros colaboradores, de 9 países diferentes.

Os resultados mostraram que a maioria dos casos (96%) aconteceu após eventos tristes: falecimento de familiares, problemas de relacionamentos, preocupações e medos…Os outros 4% foram desencadeados por episódios de alegria: aniversários, casamentos, e até mesmo uma vitória de um clube desportivo de preferência de um dos pacientes. O estudo também determinou que 95% dos pacientes eram do sexo feminino, com média de 65 anos de idade.

Jelena Ghadri, coautora do estudo, em declarações ao The Telegraph, afirmou que a investigação ainda está por concluir, e que essas emoções ou sentimentos têm uma grande importância no diagnostico de problemas cardíacos.

Post anterior

Os melhores sítios para se visitar no inverno em Portugal

Próximo post

O homem que salvou 669 crianças

Catarina Lopes

Catarina Lopes

Editora da secção Curiosidades

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *