Escola

Helena Tapadinhas reconhecida com prémio literário

A professora Helena Tapadinhas foi reconhecida com o Prémio Literário Santos Stockler/2017, uma iniciativa do Município de Lagoa, graças ao seu conto “Alfaiate”.

O prémio tem um valor de 10 mil euros e  inclui a publicação do conto.

Além do 1º lugar, atribuído à professora, foram atribuídos também mais seis Menções Honrosas aos contos «Camaleão», de Ana Maria Nunes Gonçalves, «A casa de Verão», de Isabel Rio Novo, «A vida inteira num prato de barro», de Carla Marisa P. Vieira Pais, «Nepomuceno na terra dos possíveis», de David Eduardo V. Roque, «Memórias fugazes», de Paulo M. Morais e «Da permanência», de António Conduto Oliveira.

Via Sul Informação

O Prémio Literário Santos Stockler foi instituído pelo Município de Lagoa em 2016, com o objetivo de promover, defender e valorizar a Língua Portuguesa e a identidade e diversidade sócio-culturais do concelho, promover e incentivar a criação literária, o gosto pela escrita e pela leitura, e, ainda, homenagear o poeta, jornalista e romancista lagoense, Santos Stockler.

A Cerimónia de Entrega destes prémios realizou-se no dia 27 de Janeiro, na Quinta dos Vales, às 15h30. Na mesma oportunidade teve lugar a apresentação pública do livro que integra as duas Menções Honrosas atribuídas no Prémio de 2016. Foi, igualmente, apresentada a terceira edição do Prémio Santos Stockler.

Post anterior

Diogo Piçarra pela primeira vez no Palco Mundo do Rock in Rio-Lisboa

Próximo post

A primeira carta

Ângela Baltazar

Ângela Baltazar

Editora da secção Escola

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *