Curiosidades

Máscaras Venezianas

As Máscaras Venezianas são a grande atração do Carnaval de Veneza. As máscaras, decoradas e coloridas, tornaram-se um dos grandes símbolos do Carnaval. Em Veneza, na Itália, esta tradição é uma das maiores festas carnavalescas da Europa e do Mundo, o famoso Carnaval de Veneza (“Carnevale di Venezia”).

Há desfiles por toda a Veneza, nas principais praças, como a Piazza San Marco, inclusive nos canais com barcos alegóricos, com muita música e diversão; nos palácios, ainda acontecem festas privadas e os tradicionais bailes de máscaras.

A tradição começou no século XVI, quando os nobres saíam para festejar no meio das ruas da cidade. Para não serem reconhecidos, disfarçavam-se com as tais máscaras. Nessa época, o Carnaval começava de forma oficial com o chamado “Liston Delle Machere”, que significa “caminho das máscaras”, onde os habitantes, vestidos a rigor, elegantemente ostentavam as suas riquezas através das jóias e do vestuário.

Tradicionalmente, os venezianos estavam autorizados a andar em público com a cara escondida, durante 3 meses por ano!

As elaboradas máscaras de Carnaval venezianas são bastante conhecidas e apreciadas pela sua beleza e complexidade, mas sabias que existe uma história por detrás dos diferentes tipos de máscaras?

Bauta

Destinadas a serem utilizadas por homens, cobriam todo o rosto, o que garantia total anonimato ao utilizador. O queixo saliente permite que o utilizador fale, coma e beba sem ter de revelar a sua identidade. No século XVIII, esta máscara, juntamente com o traje, era obrigatoriamente utilizada pelos cidadãos enquanto tomavam decisões políticas.

 

Moretta/Servetta Muta

A moretta ou servetta muta, que significa “o escuro”, era utilizada por aristocratas ou nobres. A máscara garantia às mulheres uma aura de mistério, por não ter características faciais e especialmente boca, tornando-se intrigante, pois a única forma de responder numa conversa era revelando a identidade.

Via Google Images

Medico della Peste

Talvez seja uma das mais conhecidas, e talvez surpreenda que esta face assombrosa nunca tenha pretendido ser uma máscara de Carnaval. O vestuário de proteção preto e um chapéu preto completavam o visual das pessoas que lidavam com as vítimas da praga, para evitar contacto direto.

Larva/ Molto

A máscara larva “fantasma” ou molto “face” cobre todo o rosto. É sem dúvida o design mais reconhecido e continua atualmente a ser utilizado por homens e mulheres. Devido ao anonimato total, esta máscara é ideal para aqueles que querem fazer uma entrada misteriosa e em grande!

Via Pinterest

 

Post anterior

Time's Up, o movimento que ajuda as vítimas de assédio sexual

Próximo post

Estudar no Reino Unido

Catarina Lopes

Catarina Lopes

Editora da secção Curiosidades

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *