Disce

A Rapariga dos Olhos Negros IV

Devia ter trazido um casaco mais quente, não estava a espera que estivesse tanto vento cá em cima, mas devia ter calculado, afinal estou num 13º andar.

Retiro uma caneta do bolso para escrever no meu bloco de notas

“Dia quatro de vigilância ao sujeito Otik Bedrich , terceira hora ,o sujeito em questão encontrou-se com um dos piores lideres de cartel de droga da cidade, não é necessário muito para perceber que não é boa gente.”- Passo os olhos pelas anotações dos dias anteriores, subornos, pagamentos por assassinatos, trafico, definitivamente este homem fez de tudo, fecho o bloco de notas e volto a guarda-lo no bolso, olho mais uma vez pela lente da câmara por onde consigo ver ,no prédio posicionado a minha frente, Otik sentado na sua secretaria contando o dinheiro que o traficante lhe deixou .Muito bem hoje é o dia.

Saio de casa assim que a noite cai, dez minutos a andar até chegar ao local, não é muito tempo, mas é o suficiente para rever o meu plano, passo um entrar no edifício, passo dois passar pela segurança, passo três premir o gatilho, e passo quatro sair antes que alguém se aperceba, cheguei ao meu destino.

Três seguranças à entrada, dois nas traseiras, quatro no terraço, qualquer amador voltaria para trás pensando ser impossível entrar ou acabaria por entrar por uma das portas artilhadas com sistemas de alarme por movimento, mas eu não sou uma amadora, na zona lateral norte do edifício existe um ângulo morto nas câmaras e uma falha na segurança, onde ninguém me conseguirá ver, e é por ai que vou subir. Subo para a caixa do ar condicionado, e trepo pelas grades que fecham as escadas de incêndio até me conseguir agarrar ao parapeito da primeira janela, partir de aqui a subida é simples , chego à parte de cima da janela e agarro-me à próxima, até chegar ao 12º andar , espreito pelo canto inferior da janela , dois guardas lá dentro , e provavelmente mais dois à entrada, uma distração, é disso que preciso, movo-me para a janela abaixo, janela destrancada, perfeito entro no que aparenta ser uma sala de estar , percorro o apartamento para ter a certeza de que não há perigo, caminho livre.

Post anterior

3 aplicações úteis para o teu smartphone

Próximo post

Quinas de Ouro 2018

Filipa Antunes

Filipa Antunes

Editora da Secção Disce

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *