30 Jun 2015

Vejo um Mar

Vejo um mar Por onde no deserto navegam Os esperançosos De encontrar uma vida Melhor, maior, feliz. A conquistar o dia, A sentir o coração Que não se vê, Não se encontra. Vi um mar Mas ele secou.

João Palma 0
18 Jun 2015

Sistema Isolado

Como sinto falta de ser criança, à espera de que mudasse o mundo, que este não caísse num buraco fundo, nessa altura ainda tinha esperança. E de que sonhamos agora? Mudar o mundo tentamos, com nada nos contentamos, Esperamos pela nossa hora. O tempo vai chegar, de passar de rastejar

João Palma 0
03 Abr 2015

Sonho de Liberdade

Ser livre, que é isso? Aparenta nada ser, rugido vindo de um feitiço, acredito solução não ter. Gostamos de viver sem lhe dar sumiço, orientamos tudo pelo que vamos viver, zelando pelo nosso ser irritadiço, acreditando que livres somos sendo que privados vivemos. Mas não seremos como lobos? Uivando à

João Palma 0
10 Mar 2015

A Fénix

Ergueu-se das chamas, que em chão impuro ardiam, um trilho sem fim cobriam. Abria as suas asas majestosas. O seu voo, esplendoroso, o céu tornava vermelho do fogo, tão novo, tão velho. Para cima olhava invejoso. Observava a enorme liberdade de voar, como uma ave, bela. No topo era uma

João Palma 0
20 Jan 2015

Je Suis Charlie

Um tiro, várias quedas novos anjos são criados, foram guerreiros sem armas foram corajosos protectores. Atrocidades sem escrúpulos, cobardes bárbaros, quem são estes, que lavagens cerebrais sofreram? Não é religião, não é fé, é pura violência, na sua mais fria forma. Liberdade, Fraternidade e Igualdade, neste momento, é o que

João Palma 0
22 Dez 2014

É Natal!

É Natal, é Natal! Mas será o Natal que estamos a festejar? A união familiar que nos faz sorrir, ou a ganância dos presentes que receber sonhamos? Será que perdemos a verdadeira razão pela qual, neste dia, estranho hábito tínhamos, de à mesa nos sentar apenas com a família para

João Palma 0
21 Nov 2014

Regressados

Regressados (ou Resurrection em inglês). Para quem não conhece a famosa série da Fox, o livro é, sem dúvida, bestial. Imaginem se um dia, ou num momento, os mortos regressassem não como “zombies”, (como estamos habituados) mas como partiram, ou seja, como seres humanos normais. Este livro relata todas as

João Palma 0